Publicidade publicidade | Portal Evangélico

Ofereça a outra face!

Exigimos muito porque amamos pouco... O amor compreende, perdoa, liberta, tolera, encoraja, anima, incentiva, espera, acredita.
Exibições: 6976 Comentários : 14

 No século em que estamos vivendo, onde os valores e princípios bíblicos estão sendo distorcidos a cada dia, precisamos falar e viver o amor de Deus. Jesus passou por maiores intempéries que as nossas, entretanto amou, amou e amou! Ele não apenas falou de amor; ele viveu o amor! E esse amor contagiou o coração dos que se entregaram para Cristo com amor, pois não basta apenas admirarmos a Cristo e seus ensinamentos; devemos amá-lo!

Admiração não causa mudança. Se fosse assim, a maioria dos seres humanos teriam atitudes sensatas, uma vez que há muita gente no mundo que admira os ensinos de Jesus. O amor sim; o amor move montanhas!

Em sua oração intercessória, Jesus rogou ao Pai por nós para que fôssemos perfeitos em união e Paulo nos deu a receita, em uma de suas cartas enviada aos colossenses, dizendo que é através do amor que é o vínculo da perfeição (Cl 3.14). Vínculo quer dizer ponte, e para que serve uma ponte? Para nos transportar de um lado para outro; da dimensão das obras da carne para a dimensão do fruto do Espírito (Gl 5.19-22). Como diz Augusto Cury em seu livro O Mestre inesquecível, “exigimos muito porque amamos pouco... O amor compreende, perdoa, liberta, tolera, encoraja, anima, incentiva, espera, acredita”.

Temos procurado compreender as fraquezas do nosso próximo?

Temos perdoado as nossas falhas e as falhas dos que nos cercam?

Estamos procurando nos libertar dos conceitos errôneos que nos ensinam e dos que criamos dentro de nós mesmos e que por inúmeras vezes agimos como se esses conceitos fossem do nosso Deus?

Toleramos as pessoas que demonstram imaturidade espiritual em relação aos princípios bíblicos ou temos excluído essas pessoas do nosso convívio social, do nosso grupo de amigos ou da nossa congregação?

Temos encorajado os que, no meio da caminhada cristã, tem tido a coragem de nos confessar seus erros, ou estamos aproveitando essas oportunidades que eles nos dão de demonstrar amor para, em vez disso, julgá-los e condená-los?

Estamos nós tendo a ousadia de jogar pedras nas milhares de pessoas que nesse momento figuram a mulher adúltera?

Temos procurado animar os que, devido às desilusões e decepções dessa vida, já não encontram mais forças para sorrir, para continuar acreditando em Deus?

Temos incentivado a nós e ao nosso próximo a nos entregarmos a Deus sem reservas, a buscá-lo de todo o coração ou estamos discriminando as pessoas que são merecedoras do amor de Deus através do nosso julgamento e com as nossas próprias ferramentas?

Estamos esperando as feridas da alma de muitos dos nossos irmãos sararem, ou estamos querendo nos apoderar dos atributos divinos para dar um diagnóstico precipitado?

Acreditamos no amor que dispensamos às pessoas que nos rodeiam, ou só conseguimos ter forças para amá-las desde que elas partilhem das nossas ideias, crenças e concepções?

O verdadeiro amor lança fora todo o medo (I Jo 4.18)!

Quantos de nós já desistimos desse amor e muitas vezes nem percebemos!

Quantos cônjuges, cansados de uma rotina estressante, estão usando a palavra incompatibilidade para desistir desse amor!

Quantos casais de namorados estão enganando a si mesmos em nome desse amor sem de fato conhecerem esse amor!

Quantos filhos estão desonrando e se rebelando contra seus pais e autoridades porque não foram ensinados a vivenciarem em seus projetos e escolhas esse tão grande amor!

Quantos pais estão lamentando a perda de seus filhos para as drogas e prostituição porque não quiseram ter tempo para partilhar com eles desse amor!... e muitos desses pais, mesmo ainda tendo a oportunidade de terem seus filhos de volta, já desistiram desse amor!

Devemos aprender com Jesus a amar. Ele foi o maior mestre do amor!

Precisamos ter a coragem de olhar nos olhos de quem nos fere de vez em quando e oferecer a outra face. Oferecer a outra face é dar uma segunda chance. Jesus fez isso. Pedro o negou, mas Jesus acolheu-o com um sublime olhar, e arrependido ele foi chorar (Mt 26.75). Judas o traiu, mas Jesus chamou-o de amigo (Mt 26.50). Quão imensurável amor!

O apóstolo Paulo em I Co 10.12, nos admoesta a termos cuidado para não cairmos nas armadilhas da nossa própria autossuficiência, segurança.

Precisamos urgentemente aprender a amar incondicionalmente o nosso próximo. Não temos o direito de sermos cruéis com qualquer ser humano a ponto de deixarmos que os maus sentimentos criem raízes no nosso coração. Jesus até permite que vez por outra fiquemos irados contra alguém, mas ao mesmo tempo nos aconselha a não pecarmos.

Precisamos também aprender a nos amar; a nos perdoar por falharmos às vezes mesmo sem querer; a nos tolerar, pois temos limites; a tirar os carrascos que muitas vezes existem em nosso coração sob o disfarce de uma falsa santidade.

João, considerado o discípulo do amor, em I João 1.9 nos ensina como encontrarmos esse amor; em I João 3.18 nos convida a praticarmos esse amor e em I João 4.20 discrimina os que verdadeiramente vivem esse amor!

Fica aqui um singelo conselho: se questione todos os dias se você tem amado a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a você mesmo.

Que Deus tenha misericórdia da minha e da tua vida!

Kézia Souza Pedagoga e Professora da EBD (EBD - Classe de Jovens - 1ª Congr. da Ass. de Deus do DII)
Kézia Souza

Comentários


Nallyne Soares - 26/05/2011 20:05:12

É, não é fácil amar, principalmente nos últimos dias, onde o egoísmo predonima. Mas quando nos voltamos a Deus, reconhecendo nossas falhas, nossas limitações, nós somos tranformados por Ele e conseguimos ser o que Ele quer que nós sejamos, semelhantes ao seu filho Jesus. Temos quer ser sal e luz, temos que fazer a diferença nesse mundo. Nós, conhecedores da verdade que liberta, carta de Cristo, escrita pelo Espírito Santo, devemos viver o amor, não de palavras, nem de língua, mas por oba e em verdade...Está na hora de acordar, refletir sobre nossas atitudes.

Iolanda Sousa - 27/05/2011 16:05:58

Parabéns Kézia muito bom seu artigo, que Deus abençoe vc, sempre;

Berenyce Soares - 27/05/2011 22:05:56

Parabéeeeeens Kézia,nossa esse artigo é maravilhoso!Quando li lembrei o quanto eu sou amada e despertei p/ olhar p/ o meu próximo com mais amor...obrigada por me dar o prazer de me deliciar com textos magnificos rsrs.Q DEUS continue te usando e te iluminando!!!

Agnelisman Batista - 27/05/2011 23:05:33

Ler esse artigo me traz a memoria a necessidade de cada dia mais está se voltando para o verdadeiro amor,pois o buscando teremos condições de cada dia mais exercer nosso papel de cristãos aqui.Querida que o Senhor continue ti usando para abençoar nossas vidas....

João Sousa - 28/05/2011 11:05:53

Parabéns, esse artigo nos faz rever a nossa vida como cristão nesse mundo!

Ryanne Ribeiro - 28/05/2011 11:05:18

É,concordo com vc....
Realmente temos nos preocupado muito conosco.Temos olhado para nós não com a intenção de rever nossos atos,que muitas das vezes são tão supérfluos,mas para achar que somos tão bons e que ninguém tem o direito de nos machucar e assim nos fechamos no nosso mundo e não olhamos para quem passa ao nosso lado....
Descriminamos muito simplesmente por não terem um mesmo ponto de vista que o nosso...Ignoramos alguém apenas por ter nos olhado diferente e não buscamos saber a realidade de cada pessoa..
Devemos amar independente de sermos amados ou não...Isso é o que Jesus faria em nosso lugar.Devemos dar importância a um olhar,a um toque,a um sorriso,a um abraço...
Isso pode parecer tão sem significado,mas a realidade é que tem um poder de transformar um dia de dores em um dia de alegria....
Diga a alguém pelo menos uma vez por dia:"EU TE AMO"...
Você vai se sentir realizado...
É como se tivessemos cumprido um grande dever...
Deus abençoe você mana...
Que seus artigos mudem vidas pra glória de Deus...

Ilzeni Falcão - 28/05/2011 11:05:16

Quando olhamos para nós mesmo e identificamos nossos erros temos uma capacidade de amar e perdoar, pois a mudança precisa começar em nós mesmos...
A falta de amor cresce porque estamos sempre esperando isso dos outros, sem dar de si próprio.

Amei o artigo!

Moab Soares - 04/07/2011 14:22:41

Muito Bom. Uma verdadeira exposição de um cristão autentico, coisa rara nos dias atuais, disse rara, mas não extinto, ainda exite os remanecentes.
Fique com Deus.

Jocilede Moura - 21/07/2011 17:28:46

Lendo esse texto me pus a refletir sobre essa imensa dificuldade que temos de perdoar, de amar de acreditar e de realmente dar uma segunda chance aos nossos irmãos, por motivos muitas vezes tão insignificantes que se comparados com os vividos por Cristo q mesmo diante de tudo amou e amou e continua amando vemos q somos egoístas e crueis. Ler esse texto me fez parar e refletir sobre essas atitudes e de alguma forma tentar corrigir um pouco os meus erros!

Carlas Fernanda - 21/07/2011 20:37:20

Carlas Fernanda 21/07/2011

Parabéns pelo belo artigo.
É bem verdade que amar teoricamente é lindo e fácil, porém na prática se torna bastante difícil e muitas vezes doloroso, pois o amor é um sentimento que requer doação, negação do eu em favor do outro. Quem de nós está disposto a tomar, de fato, tais atitudes se não for guiado pelo Espírito de Deus? Precisamos buscar esta sabedoria Nele, Para que possamos olhar, perceber e entender o outro independente de quem ou como seja.

Didi - 02/08/2011 15:52:50

Lindo artigo, perfeito, mas realmente não é tão fácil como parece, para que isso aconteça precisamos estar em perfeita sintonia com Deus, completamente dependentes do espírito santo.
Já vi muita gente dizer que perdoa, inclusive eu, mas no fundo no fundo ainda sentir um pouquinho de mágoa.
Precisamos perdir primeiro que o Senhor nos cure interiormente, só aí podemos perdoar de todo coração.

Iraneide Mineiro - 08/08/2011 12:18:17

Que palavra abençoada! Que alerta também! Precisamos refletir mais(examinar-nos) para que nossas ações revelem em nós o verdadeiro amor cristão!Obrigada Kézia, que o Senhor te use cada dia mais te abençoando e nos abençoando com palavras divinamente inspiradas!Bjs

CRISLANE - 05/08/2012 17:37:51

AMEM PURA VERDADE QUE ESTA MENSAGEM FIQUE GRAVADAS EM MEU CORAÇAO E Q EU VENHA SEMPRE LEMBRA E PRATICAR AMEM

Mari - 29/08/2014 13:31:06

Estou tentando seguir esta mensagem
pedindo a Deus, que nos fortaleça e
nos perdoi, para amar o proximo.

Você pode selecionar um ou mais smiley face para inserir em seu comentário

Todos os comentários nesta página estão sujeitas aos nossos Termos de Uso e não refletem necessariamente a opinião do Portal Fiel ou dos seus colaboradores. Ajude-nos a acompanhar os comentários que são ilegais, prejudicial, ameaçador, abusivo, vexatório, difamatório, vulgar, obsceno, odioso, ou racial, étnico ou censurável.

Artigos

Para sua edificação
Aspiração ou cobiça? 2015-07-17 14:20:27

Através dos nossos olhos temos a oportunidade de ver tudo o que nos pertence e também tudo

A Tentação de Jesus - Subsídio Para Lição Bíblica 2015-05-21 10:39:43

Satanás intentou frustrar o ministério de Jesus pouco antes do seu início.

O segredo para chegar ao topo 2015-05-21 10:25:54

Podemos até acordar e decidir subir uma montanha, no entanto, sabemos que não é como ir ao

6 passos para o novo nascimento 2015-04-16 11:27:25

Nascer de novo é uma opção dada por Cristo, àqueles que querem recomeçar de maneira difere

Copyright © Portal Fiel - Gospel | Teresina | Piauí - Todos os Direitos Reservados

 

As imagens utilizadas neste site são frutos de pesquisas na internet, e podem possuir direitos autorais. Caso seja o autor de alguma imagem e gostaria de ter seu nome incluído ou mesmo não permitir o uso da imagem entre em contato com o site.