Publicidade publicidade | Portal Evangélico

Se for 'Gospel', será que pode?

Uma parte dos “santos” de hoje parecem viver uma inversão de entendimento dos ensinamentos de Deus
Exibições: 8791 Comentários : 63

Não estranhe se você já viu um artigo com um título parecido com esse. Essa é uma imitação burlesca do título do texto “Se é gospel pode!” - se for possível fazê-la. 

Falando em imitação cômica - ou paródia se preferir - não resisti em não falar sobre esse assunto.

Primeiro ouvimos: “Deus Tá Aqui”, parodiando “Tô Nem Aí”, depois preciosidades como “Arrumbacombalé” imitando “Acererrê” e “Só as pastoras” fazendo referência aquela outra que diz “Só as cachorras”. Mas não pára por aí. Talvez você tenha ouvido algo como “Vou mandando uma benção, pros amigos e pros irmãos. Só não posso esquecer de louvar de coração. Vou louvar, vou louvar, vou louvar, vou louvar de coração,...”. É isso mesmo que você concluiu: “Vou mandando um beijinho pra filhinha e pra vovó. Só não posso esquecer a minha eguinha pocotó. Pocotó, pocotó, pocotó a minha eguinha pocotó,...”. Recentemente postaram, em um famoso site de vídeos, a versão “gospel” da música Halo da Beyonce


Mas você acha que já ouviu de tudo?  Veja só esse hit:


“Pra ir pro céu tem que ter muita oração,
Pra ir pro céu tem que ter é santidade,
Porque o inimigo ele não dá mole não,
Porque só Jesus Cristo é que salva de verdade.
Céu... Céu... Céu...
Céu, céu, céu, céu, céu,...
Se você não for pro céu,
Satanás créu.”

Em pesquisa - realizada pelo Ministério Aba Pai de Louvor e Adoração, com 123 pessoas - 75,61% (93) dos entrevistados afirmam não ser de inspiração Divina pôr letras de conteúdo religioso em melodias de canções que não são. 17,07% (21) acreditam ser uma forma facilitadora de evangelismo e 7,32% (9) não vêem nenhum problema. 
O povo santo de Deus, descrito no Antigo Testamento, já reconhecia a diferença entre o sagrado e o profano. Eles viviam e imitavam a Deus de acordo com o código de santidade.

“Porque eu sou o Senhor, vosso Deus; portanto, vós vos santificareis e sereis santos, porque eu sou santo; e não contaminareis a vossa alma por nenhum réptil que se arrasta sobre a terra.” (Levítico 11:44).

Uma parte dos “santos” de hoje parecem viver uma inversão de entendimento dos ensinamentos de Deus e argumentam que Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias (I Coríntios 1:27). “Imitem o mundo e se aproximem de Deus”, parece o novo código. Ou ainda, “Pensai nas coisas que são da terra e não nas que são do alto”.
Será que o foco do louvor e da adoração é o adorador e não O adorado (Deus)?
É necessário refletir.
Senão, Satanás Créu...

“NÃO AMEIS O MUNDO, NEM O QUE NO MUNDO HÁ. SE ALGUÉM AMA O MUNDO, O AMOR DO PAI NÃO ESTÁ NELE. PORQUE TUDO O QUE HÁ NO MUNDO, A CONCUPISCÊNCIA DA CARNE, A CONCUPISCÊNCIA DOS OLHOS E A SOBERBA DA VIDA, NÃO SÃO DO PAI, MAS DO MUNDO. E O MUNDO PASSA, E A SUA CONCUPISCÊNCIA; MAS AQUELE QUE FAZ A VONTADE DE DEUS PERMANECE PARA SEMPRE.”
(I João 2:15-17)
 

Jorge Mashah Membro da PIB no Saci, estudante de Teologia pelo Seminário Batista de Teresina - STBT, Bacharel em Administração de Empresas pela UESPI, líder de louvor do Ministério Aba Pai.
Sugestões de Artigo para: [email protected]
Jorge Mashah

Comentários


Derlanny - 15/12/2010 0:00:00

Hum..Muitoo massa mesmo interessante!
criatividade

cassio - 15/12/2010 0:00:00

nossa cara muito massa vc que fez ta massa show de bola ...

Samara - 15/12/2010 0:00:00

Muito bom!!!!

Kaíc - 15/12/2010 0:00:00

muuuito bom mesmo...
é triste o que os próprios cristãos fazem da adoração, do louvor...
que Deus tenha misericórdia desse povo e que nós como ministros possamos fazer alguma coisa pra mudar essa triste realidade...
...
muito bom Jorge

Layone Holanda - 16/12/2010 0:00:00

Ao ler artigos como esse, percebemos que o povo de Deus está longe dEle, falta a leitura da Palavra, intimidade com o Pai e vida de adorador. Muito importante o que você escreveu Jorge, porque proporcionará aos jovens momentos de reflexão..."Pois todas as coisas me são lícitas mas, nem todas me convém".

Priscila Lima - 16/12/2010 0:00:00

Palavra de DEus, que Deus continue te usando sempre querido!
É tempo de distinguirmos o que é e o que não é de Deus, precisamos andar em comunhão e santidade porque os dias de hoje são maus.Infelizmente temos visto o mundo entrando dentro da igreja ora por falta de entendimento ora por falta de procurar dicernimento espiritual, é tempo de acordar, JESUS ESTÁ VOLTANDO!

Williams Jhonson - 16/12/2010 0:00:00

Hoje em dia vemos muitas coisas copiadas do mundo afora.Ravegospel,vale tudo gospel,festa junina gospel,são estratégias adotadas por algumas Igrejas para chamar sua atenção,jovem.Líderes desesperados ao verem seus jovens se afastando,fazem qualquer coisa para "trazer de volta a ovelha perdida".Esse fato nos leva a seguinte pergunta:Com que motivação estamos indo para a Igreja?
Muitos vão para reencontrar os amigos que muitas vezes só vemos nos cultos,outros vão para arrumarem namorado ou namorada.
A própria Bíblia fala que não devemos imitar o mundo e sim sermos diferentes dele.É ótimo se divertir,mas,quem deve vir em 1º lugar é nosso Deus.Só uma dica:"quando o novo se choca com a Palavra de Deus,o melhor é viver na mesmice".

jeziel Marinho - 16/12/2010 0:00:00

Os "cristão" que se convertem através desses movimentos q tem a tola intenção de atrair pessoas para Cristo através de praticas comuns ao mundo tornam-se Cristão fracos pois ñ percebem a necessidade de sacrificar o velho homem e a abandonar as velhas práticas mundanas por amor a Cristo. Eles pensam: "Ei, eu posso ser cristão, só tenho q fazer as mesmas coisas que fazia antes, só q agora com o rótulo de gospel. E de quebra ainda ganho um lugar no céu, pq afinal de contas Deus é amor e disse vinde como estás".
Ai dos que ao mal chamam bem...(Isaias 5.20)

Analy - 16/12/2010 0:00:00

texto Antigo este !
Esperava mais texto, conclusões, explicações...algo que me fizesse direcionar a uma opinião(Característica de Artigo), o que eu li foi fragmentos bíblicos, colagens de links... cópias de paródias musicais, mas é o primeiro...continue escrevendo....escrevendo...lendo...lendo não nessa mesma ordem!
Seria interessante as pessoas não criticar as formas de conversão alheias só quem lê o coração é DEUS!!! deixem o julgamento final para ele!!! Muito fácil encarar a mesmice por meio de um comentário quero ver a mudança na prática!!!
Fé - Oração p todos!!!!!!!!!!!

Nabuco - 16/12/2010 0:00:00

Já é um texto "batido" esse e ainda bem que o próprio "autor" o reconhece. Me chama a atenção o jovem usar "Levítico 11:44" para justificar seu texto, fala de código de santidade que entendo ser "A Lei de Moisés", porque não existia outro código no Antigo Testamento para regra de santidade, para justificar esse nosso tempo que reina a "graça de Deus". "e não contaminareis a vossa alma por nenhum réptil que se arrasta sobre a terra" diz o versículo, então Jorge, aconselho que sinceramente, se você crer naquilo que escreve, por favor, siga também toda "Dieta Judaica", coma somente alimeto "cosher" ou tire esse versículo e ponha outro para justificar "teu" texto. Voltar-se ao código de Lei Mosaica nos arrasta mesmo a essa "pancadaria" na fé alheia como Fariseus com pedras nas mãos pronto para ver o sangue escorrer. Por mais que essas paródias pareçam estranhas, acredite, muitos já se aproximaram e hoje tem uma relação sincera com Deus. DEUS CONHECE E SONDA NOSSOS CORAÇÕES.

Jorge Mashah - 16/12/2010 0:00:00

Analy e Nabuco, de fato o texto original é antigo, mas a ideia deste artigo é nova. A intenção aqui não é fazer julgamentos e muito menos impor ou convencer alguém a ter uma forma certa de pensar: afinal quem convence é o Espírito Santo. Não foi criticado a conversão dessas pessoas e muito menos quantas pessoas foram alcançadas por esses métodos. Apesar que nossa fé ou intimidade com Deus não é medida pelo número de vidas que alcançamos, mas pelo nosso relacionamento profundo e sincero com Deus. O texto em Levítico não foi usado para justificar, defender o artigo ou nos voltarmos para lei, mas para repensarmos sobre a forma de santidade que os antigos na fé viviam. Na verdade não creio no que eu escrevo, mas no Deus que me inspira a escrever. E o objetivo desse artigo é levantar um questionamento crítico sobre o assunto: Acho que consegui. Obrigado por todos os comentários. Deus os abençõe e renove o nosso entendimentos para que possamos experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus...

Jéssica Catarine - 16/12/2010 0:00:00

Interessante o texto.
Sempre que penso em evangelizar alguém peço a Deus a criatividade que o próprio Jesus teve, creiatividade que usa termos e situações cotidianas para falar a corações sedentos...Que revela a amabilidade de um Deus que é essencialmente amor e graça.
Temos potencial para sermos mais que "Ctrl+C" e "Ctrl+V" de músicas pobres em conteúdo, em composição...
Nosso evangelismo tem que ir além de muitas conversões, temos que fazer discípulos... E discípulos se faz com relacionamentos.
Oremos!

Jayce - 16/12/2010 0:00:00

É interessante tudo isso... acredito que hoje estamos com sérios problemas em nossas igrejas por conta dos ventos de doutrinas... ou seja... muitas de nossas musicas são copias do mundo onde levam a muitos errarem... e com isso nossas juventudes ficam bem CEGAS... pelo que vi numa pesquisa que estou fazendo é que de 100 igrejas em minha região uma tem jovens bem espiritualmente... e a maioria segue as loucuros chamadas gospel e acabam se perdendo... tem baile de todo tipo usando a musica... tem de tudo mesmo... ja tem até cantores do mundo q não se convertaram usando o GOSPEL... ja ouvi até que existe o SEXO gospel... é um absurdo... mais de uma coisa tenho certeza JESUS ESTA VOLTANDO.

Isaac Diêgo - 16/12/2010 0:00:00

Como em todo o texto, sempre é possível encontrar imprecisões e erros, mas o fato é que no reino de Deus os fins não justificam os meios, vejo isso em varias passagens bíblicas quando Deus repreende seu povo que pratica a lei e, no entanto, seu coração permanece distante de Deus.
Quanto ao julgamento final que pertence a Deus, concordo. Agora não podemos permitir é que um falso evangelho se propague na igreja de Cristo. Quanto a isso tem um texto muito interessante no link: ://.genizahvirtual.com/2009/07/devemos-julgar.html
Acho que a passagem bíblica que mais refuta essas práticas mundanas dentro da igreja é a que diz: "Abstende-vos de toda a aparência do mal." I Ts 5.22
Por último, acredito nos talentos, criatividade e originalidade do povo de um Deus que criou o mundo inteiro!!! Não vamos nos limitar a copiar esse mundo tão contaminado do mal!!!
A paz de Cristo a todos!!! Muito válida a discursão aqui iniciada!

Lívia Cavalcante - 16/12/2010 0:00:00

Olá, a paz a todos. Gostei muito do artigo: pelo tema, por estar bem escrito e bem fundamentado. É pena que nem todos lhe dedicam o olhar buscado e não veem o que o autor quis transmitir. Entendi perfeitamente o que o irmão quis repassar. Já havia parado para pensar nesse assunto... Trabalho com jovens na minha igreja e com louvor também. Ao organizarmos nossa festa no ano passado, propus o tema "Faça diferença!" e escolhemos Daniel 1.8 para nosso versículo-tema...tentamos mostrar que somos separados, povo exclusivo, nação santa...se alguém tem que imitar alguém aqui, com certeza não somos nós que devemos imitar (plagiar) o mundo, mas o mundo que deve nos ter como exemplos...Me desculpem se posso estar julgando, mas penso que quando se criam paródias "evangélicas" das músicas mundanas, das duas, uma (ou as duas): falta inspiração divina ou estão de olho no mercado (comércio). Cresci ouvindo em casa Ozeias de Paula, Feliciano Amaral, Vitorino Silva, Eliezer Rosa, dentre outros...É simplesmente incomparável! Me criticaram certa vez porque expus minha opinião sobre um certo cantor que, agora convertido (pelo menos o diz assim), trouxe para seu repertório 'gospel' uma música que cantava em uma banda famosa da Bahia...realmente não entendi seu real objetivo ao fazer isso.
Acredito, por fim, que a conclusão que o irmão Jorge quer que tiremos da leitura de seu artigo, é: será que pelo simples fato de ter se transformado em 'gospel', com pequenas diferenças, aquela música que faz muito sucesso no mundo secular pode ser tocada nas igrejas ou festas evangélicas, a despeito de tantos louvores consagrados que temos para aprender e entoar???? Pensemos...
P.S.: Parabéns pelo artigo, irmão Jorge!

Adriano LAMS - 16/12/2010 0:00:00

Cara texto muito bom! E é o que realmente está acontecendo hoje não sou contra aos diversos ritmos de música, mas tem-se um limite. Canções como as descritas que são paródias de canções profanas não deveriam ser tocadas em nosso meio, pois tais canções levam a pessoa a lembrar-se das outras músicas, aquelas originais. Quando o "MC" estiver tocando lá: céu,ceu,céu... quem não vai se lembrar de creu,creu,creu?

Rozenir - 16/12/2010 0:00:00

Legal, Jorge!
Nós, os cristãos, temos que fazer a diferença. E eu não falo em apenas mudar a letra de músicas mundanas. Temos que estar constantemente buscando inspiração e sabedoria de Deus, seja para escrever louvores, seja para alcançarmos díscipulos de Jesus.
Orai sem cessar!!!!

Suely Lima - 16/12/2010 0:00:00

Meu amado irmão Jorge, vc tem toda razão quando usou( e usa) a Palavra de Deus em seus argumentos. Deus seja louvado por isso! Continue orientando a Igreja do Senhor com esta convicção. Precisamos, cada vez mais, ter discernimento do que é certo/errado, joio/trigo, do que serve a Deus/ do que não serve. Que Deus te abençoe!

Lucas - 16/12/2010 0:00:00

D' Mais Galera... Mc" Fikou Bacana mesmo

Fernando - 16/12/2010 0:00:00

Que isso Lucas, deixa um seu ai pra nos testarmos tambem...!

MárioT - 16/12/2010 0:00:00

É triste mas é verdade... Jesus Cristo "sozinho" INFLUENCIOU o mundo e nós somos milhões e estamos deixando ser INFLUENCIADO por este mundo apodrecido e perdido. que tipo de SAL o evangélicos estão sendo?

JOSAFÁ CASTRO DE MOURA - 16/12/2010 0:00:00

iradooooooooo...iramão

FRANCISCO ARAUJO - 17/12/2010 0:00:00

JORGE NÓS COMO CRISTÃOS TEMOS QUE FAZER DIFERENÇA EM NOSSA NAÇÃO, FAZER E LEVAR A PALAVRA DE DEUS PRA NAÇÕES POIS OS OLHOS E AS FERIDAS DO POVO ESTÃO ESPERANDO PELO REMÉDIO QUE É A PALAVRA DO SENHOR! MUITO BOA O ARTIGO PUBLICADO! QUE DEUS TE ABENÇÕE!

Wesley Evaristo - 17/12/2010 0:00:00

Eis aí uma temática bem interessante. Parabéns a você, Jorge, e a equipe responsável por este portal pela iniciativa de proporcionar a todos uma reflexão sobre questões como essa. Que Deus nos dê sabedoria e discernimento para que, assim, sejamos capazes de saber até onde podemos ir sem nos desprendermos Dele; que o nosso louvor seja, de fato, reflexo de nossa intensa vontade de sentir o mover divino e experimentar da mais pura e sincera intimidade com o Senhor, e não, apenas, a manifestação de velhos sentimentos puramente mundanos e que, vez por outra, insistem em manifestar-se sob um disfarce "gospel". Um abraço a todos!

Pedro Monteiro - 18/12/2010 16:12:54

Acho muito errado a 'versão gospel' de músicas vulgares! E isso está cada vez mais frequente atualmente!

As músicas gospel devem ser de adoração a Deus!
Muito bom o artigo!
Vlw caro Jorge!

Núbia - 19/12/2010 22:12:37

Ás vezes esquecemos que Deus é soberano e não muda. Para o mundo a Palavra é radical demais, o problema está quando os próprios cristãos apoiam essa idéia e passam a adequar a Verdade as suas vontades, a um estilo de vida semelhante ao do mundo pra conseguir viver nele. É preciso saber que Deus tem seu jeito, e que quem vem a Ele deixe ser transformado a fim de ser imagem Dele e não do mundo. Deus, isso para mim é um prazer! Que seja para vocês também amados irmãos!!!!! Grande abraço....

jorgiana - 20/12/2010 16:12:36

artigo maravilhoso!infelizmente estão ridicularizando a adoração,e nós infelizmente aplaudimos e nos conformamos com tudo isso!
Deus tenha misericordia de nós!
parabéns!!!

Maria do Socorro Rodrigue - 21/12/2010 0:12:48

Parabéns pela coragem de expor sua opinião sobre um tema tão polêmico como esse, pelo visto conseguiu fazermos refletir sobre o mesmo, acho que deveríamos investir nosso tempo em criar melodias novas nas músicas, Deus é poderoso e nos deu inteligência e criatividade. Não precisamos imitar o mundo, pois eles é que devem nos imitar.Abraços!!!

Beto - 21/12/2010 12:12:34

interessante o texto! gostei jorge, Parabéns!!!

João Cardoso - 21/12/2010 12:12:15

legal cara!! as igrejas precisa saber disso e precisa também praticar as coisa que são de Deus realmente!

Flávia - 21/12/2010 12:12:39

e isso mesmo q anda acontecendo com nossos jovens, justamente pq os pastores nao tem coragem de exortar(ensinar com amor) e deixa td a vontade ta ae uma geracao fria na fe, q nao tem experiencia com DEUS e inventa desculpa p td pq nao conhecem a palavra e muito menos tem ela em seus coracoes, e essa geracao precisa d verdadeiros adoradores q nao c envergonha do evangelho de Cristo p/ ensinar e fazer a diferenca, muito legal seu texto, Jorge!

Paulo - 21/12/2010 12:12:38

bom d +!!!!!! sou seu fã!!!!

Leandro - 21/12/2010 12:12:44

Certa vez eu questionei o pessoal da minha igreja perguntando o seguinte: "É 'da hora', mas é 'da Bíblia'"? Infelizmente, a maioria prefere aquilo que é "da hora".

Parabéns pelo seu artigo

Samia Raquel - 21/12/2010 14:12:43

A paz do Senhor irmão,Louvado seja Deus!
Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória" (Isaías 6:3). Com estas palavras, os serafins louvaram a Deus por sua perfeita santidade. 800 anos depois, João viu, numa visão semelhante, os quatro seres viventes proclamando: "Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso" (Apocalipse 4:8).
Talvez a única outra característica de Deus que tem a mesma importância de sua santidade seja seu amor (1 João 4:8). De Gênesis ao Apocalipse, as Escrituras enfatizam a santidade de Deus. É um aspecto de sua natureza que nós devemos diarimanente buscar!
Deus o abençoe Jorge,continue sempre na direção do Pai, abraço!

allan - 21/12/2010 15:12:31

isso é muitoo massa mesmoo ée jorge gosteii de ver

J.j - 21/12/2010 18:12:02

Pura verdade..as vezes achamos q não tem mal algum,mas temos que ficar de olho no que fazemos,escutamos ou falamos...Gostei muito de seu comentário Jorge mashasusets..rsrsrss/
abraços irmão,que Deus te abençõe

alexandra - 21/12/2010 18:12:00

é muitoo bom seu artigo, nossa realidade hoje é essa, a biblia nos enssina a vigiar e orar, temos que estar atentos e vijiar as armadilhas desse mundo que jaz no maligono, que Deus te abençoe. AMÈM!

Jefferson - 21/12/2010 20:12:22

Muito bom esse artigo,nos como servos de Deus devemos andar na contra mão do mundo e não querer imitar as coisas profanas!!!Hoje so o que tem são cantores gospel que mudam so a letra da musica na hora que escutamos podemos percebe a total imitação!!Por isso devemos vigiar para não tornamos os louvores do senhor imitações do mundo .

anaclaudia - 21/12/2010 22:12:49

muito muito bom!!!!!!!!

Gisa Lemos - 21/12/2010 22:12:58

Mto bom esse artigo...Deus deu tanta inteligencia para o povo dEle e acho que isso de querer 'SANTIFICAR" as coisas do mundo...É coisa sem sentido,sem noção...O louvor deve ser pautado na palavra de Deus e tudo que sai da boca do cristão deve abençoar...Servo de Deus tem que ter personalidade,criatividade...nada de ficar copiando e querendo santificar o que se fez imundo...BOM ESSE É O MEU PONTO DE VISTA! PAZ AMADOS E ESSE SITE É MTO BOM...

thelma motta - 22/12/2010 11:12:17

Muito bom o texto. Parabéns!

Maísa Menezes - 22/12/2010 11:12:13

Infelizmente essas pessoas não estão mais sabendo discernir o que é de Deus ou que não é!!O pior que acabam envolvendo muitos fiéis.
Todos os instrumentos foram criados por Deus, mas o diabo tem distorcido isso. Vamos orar por eles e por nós também!!!

Walléria Campelo - 22/12/2010 11:12:36

Lendo esse artigo e todos esses comentários só me fez ter a certeza que Deus tem se preocupado com seu povo e tem demosntrado sua insatisfação qndo v esse tipo de "manisfestação de adoração" dentro da sua igreja. Fico ao mesmo tempo feliz por sentir que os jovens tem amadurecido e tem buscado santidade no meio de tudo isso !Que Deus abençoe a todos infinitamente mais ! Parabéns Jorgee !^^

Licilene Rocha - 22/12/2010 13:12:08

Parabéns pelo artigo,jesus evangelizava as pessoas e conquistou o mundo. A evangelização dá continuidade, quando se busca fazer o bem e obedeçer as leis de Deus, coisa que n é nada facil, somente uma força maior, nos faz dá continuidade a obra so senhor. toda honrra seja dada ao senhor por escrever esse artigo.Jesus quer isso de mim , de vc, de todos , abrir os olhos para Jeus. amém

ateciosamente Licilene Rocha

Paulo Victor - 22/12/2010 19:12:55

Artigo muito bom para que alguns jovens percebem que tudo me é lícito, mas nem tudo me convêm.

Habib Gomes - 23/12/2010 23:12:18

HAHAHAH ' tah ligado neh pv... UAHUAHUHAAH ' Muito bom mesmo, Abraço que Deus Abençoe. o/

Nathanael - 24/12/2010 23:12:16

Esse assunto é o que temos que prestar mais atenção, porque, se nós bobearmos e abrirmos uma brecha, Satanás créu....

Katia Ferreira - 27/12/2010 11:12:21

Como citou o Isaac Diego: "Abstende-vos de toda a aparência do mal." I Ts 5.22
O mundo já tem a si próprio, não é imitando ele que mostraremos a nossa diferença.

ibla - 13/01/2011 11:01:34

A paz irmão foi muito bom! mais ficou a desejar, pois esse é um assunto da atualidade vc deveria continuar pois assim estaria ajudando a muitos outros jovens. este assunto me interessa muito. tchau! graça e paz

Jorge Mashah - 13/01/2011 13:01:29

Olá Ibla,
A paz do Senhor para vc tbm! Bom que gostou do artigo. Certamente estarei escrevendo mais sobre esse assunto e outros temas atuais. Continue acompanhando os artigos, pois vem novidade por aí. Fico feliz por servir de instrumento para alcançar e influenciar positivamente todas as faixas etárias, mas principalmente a juventude. Deus te abençõe!

Para contatos, convites para palestras ou sugestões de temas para artigos:
[email protected]
orkut: Jorge Mashah
facebook: Jorge Mashah
twitter: .twitter.com/jorgemashah

louise - 18/01/2011 14:01:13

Infelizmente é isso que aocntece hoje há muita inversão de valor!!E o autor do texto explicitou isso muito bem!!

Daniel Fernandes - 23/01/2011 23:01:42

Gospel? Em primeiro lugar esse termo é inglês e nós nos encontramos no BRASIL! (somos evangélicos, isso sim!!)
Em segundo, esse termo é um disfarce, pele de ovelha em corpo de lobo (estou me referindo à maioria dessas músicas atuais "GOSPEL""
Voltemos à década de 60,70 e 80 - não irei aqui citar cantores, mas pensemos nos Hinos Sacros, mas Sacros dessa época!!!
E se não, olhemos então para a HARPA CRISTÃ ou CANTOR CRISTÃO, dentre outros Hinários com Hinos Espirituais. Como inspiradamente escreveu Frida Wingren, autora de vários Hinos da Harpa Cristã: "Os Mais Belos hinos e Poesias foram feitos em Tribulação". Hoje em dia, Hinos para glória de Deus feitos em tribulação????
Pensemos nisso!!!
Músico Daniel Fernandes

Augusto - 04/04/2011 23:04:17

Deus lhe multiplique a sabedoria e entendimento! Gostei do artigo!

Augusto - 04/04/2011 23:04:14

Fico feliz em ver alunos do STBT expondo seus pensamento!

Jorge Mashah - 08/04/2011 13:04:48

Não posso conter a satisfação e privilégio de comentários como o do meu professor de seminário o Pr. Augusto. Saber que esses textos têm passado por análises teológicas e também por leigos e ambos têm absorvido os ensinamentos preciosos de cada um deles. Ainda tem muito por fazer...

Paz de Cristo a todos!

salvador martins - 14/04/2011 21:04:35

gostei muito do seu artigo jorge,essa nova remessa de cantores novos que vém chegando com nome de evangelicos é só nome mesmo, não tém nem um compromisso com Deus.a maioria querem imitar omundo mesmo,o seu artigo é muito objetivo nos dias de hoje.podemos culpar os pastores também que dão toda a cobertura para esses cantores que vém em nossas igrejas levam uma grana violenta trazendo um desastre espiritual. totalmente fora do plano divino.é lamentável.continue irmão jorge, Deus te abençoe.

Rafaela - 30/04/2011 2:04:54

Irmão gostei demais deste artigo, o povo de Deus está esquecendo de quem devemos a total adoração(DEUS).As músicas mundans paródiadas com letras cristãs é apenas um pouco do mundanismo que hoje reina nas nossas igrejas a forma de se vestir e falar dos crentes mudou muito nosso corpo é templo do "ESPIRITO SANTO".Fico triste!!!

QUE A PAZ DO SENHOR ESTEJA SEMPRE COM VOCÊ!!!

Fernando antonio gomes nu - 01/05/2011 17:05:49

Misericórdia,que música é está meu SENHOR JESUS....Na verdade,na verdade vos digo,o SENHOR não está a procura de adoraçao,pois no céu tem anjos,arcanjos,serafins ,querubins,miriades e miriades para louva-lo e adora-lo para toda eternidade.Diz a biblia que o SENHOR está a procura de adorador,pois bem ou mal qualquer um de nós adoramos.Se ele está aprocura é porque existem poucos,agora ser um adorador que na qual o SENHOR prescisa são poucos.No céu não precisaremos evangelizar,não haverá batismo,não haverá coleta para os dizimos,mais uma coisa vai permanecer,o louvor e adoraçao!!

Que DEUS tenha misericórdia de nós!!!

Reuel M. - 02/12/2011 17:40:13

Amei, Jorge! Eu uso o 'gospelmente' com frequência. OHUSOHUAS

Renata Alves - 18/03/2012 17:11:42

mt lindo serio msm deus abençoe quem fez essa paródia isso tem q ter mt criatividade pra fazer isso

Hugo - 14/08/2012 23:52:03

Concordo, mas o argumento apresentado foi apresentado de forma maliciosa e sugestiva.
Sou estudante de música e estudo o conceito do que era profano antigamente e o que era música sacra, com base em qualquer livro que se prese sobre história da música concluo que esse estudo foi feito de qualquer maneira. Tal conceito não pode ser apresentado com definições tão curtas.
Entretanto, concordo que é ridículo usar músicas que a princípio vão contra os ensinamentos bíblicos e achar que mudando a letra se pode tocar dentro da igreja.

André Mattos Kirschner - 02/04/2013 23:11:49

Paulo era envolto por toda uma questão da religião de formação que era o Judaísmo e realmente a mulher não tem vez.
E ele estava dando orientações para uma igreja e de um local.
Não pode ser tomado de base como doutrina para TODA igreja.
E o que existia naquela época e naquela igreja era uma bagunça que só.
E Paulo estava tentando colocar ordem na casa. Principalmente com relação ao uso dos dons, o falar em línguas e tudo mais.
A base para a igreja, o que muitos não entenderam, é Jesus e não Paulo.
Paulo foi muito importante para o avanço e organização da Igreja, mas a base/fundamento é Jesus.
Jesus quebrou o protocolo judeu religioso com as meninas.
Ele colocou as mulheres no seu devido lugar.
Lugar de honra.

André Mattos Kirschner - 02/04/2013 23:19:08

o evangelho é a mensagem, a Bíblia não fala nada sobre estilos musicais. Música é periférico, é descartável...mas um religioso não entende isso. Tem que estar desprendido de religiosidade já que a Bíblia é o nosso referencial. No novo testamento não existe ensino
sobre a música na liturgia e etc simplesmente pq não é relevante, quem dá relevância são os religiosos.
A música é um instrumento especial para atrair pessoas e quando colocamos a mensagem, ela é rica! música não é assunto central da fé! Sl 150; Ef 5:18
Deixe se encher, falando entre sim, com salmos hinos, cantando a Deus e etc...
Sl 150 fala da variedade
Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.
O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.
Romanos 14:2 e 3
Sei que o mercado gospel é meio perigoso mesmo, mas pior ainda, é a religiosidade no coração das pessoas.

Você pode selecionar um ou mais smiley face para inserir em seu comentário

Todos os comentários nesta página estão sujeitas aos nossos Termos de Uso e não refletem necessariamente a opinião do Portal Fiel ou dos seus colaboradores. Ajude-nos a acompanhar os comentários que são ilegais, prejudicial, ameaçador, abusivo, vexatório, difamatório, vulgar, obsceno, odioso, ou racial, étnico ou censurável.

Artigos

Para sua edificação
Aspiração ou cobiça? 2015-07-17 14:20:27

Através dos nossos olhos temos a oportunidade de ver tudo o que nos pertence e também tudo

A Tentação de Jesus - Subsídio Para Lição Bíblica 2015-05-21 10:39:43

Satanás intentou frustrar o ministério de Jesus pouco antes do seu início.

O segredo para chegar ao topo 2015-05-21 10:25:54

Podemos até acordar e decidir subir uma montanha, no entanto, sabemos que não é como ir ao

6 passos para o novo nascimento 2015-04-16 11:27:25

Nascer de novo é uma opção dada por Cristo, àqueles que querem recomeçar de maneira difere

Copyright © Portal Fiel - Gospel | Teresina | Piauí - Todos os Direitos Reservados

 

As imagens utilizadas neste site são frutos de pesquisas na internet, e podem possuir direitos autorais. Caso seja o autor de alguma imagem e gostaria de ter seu nome incluído ou mesmo não permitir o uso da imagem entre em contato com o site.